3 de abril de 2016

Cuidados Para Ter Unhas Saudáveis

O aparelho ungueal, também conhecido como unha, é formado basicamente pela lâmina ungueal, leito ungueal, matriz e tecidos periungueais, localizando-se na região dorsal da extremidade dos dedos das mãos e dos pés.
Suas principais funções são proteger as extremidades dos dedos de traumatismos, defesa e apreensão de objetos, mas também pode revelar doenças sistêmicas.

Em sua composição, as unhas contêm diversos componentes:

  • a queratina, principal componente, é a proteína responsável por sua resistência;
  • o colágeno, uma proteína antioxidante, além de repor proteínas, atua, junto com a queratina, como agente de fixação de sais minerais nas raízes das unhas - e quanto mais sais minerais forem retidos, mais belas elas serão;
  • a água, encontrada numa proporção entre 7% e 12%, é responsável por sua maleabilidade. Assim, quando menos água houver na unha, mais rígida ela será;
  • minerais, como cálcio, magnésio, sódio, ferro, cobre e zinco;
  • lipídios, dentre os quais destaca-se o colesterol. Assim, o contato com produtos que contenham solventes ocasiona a perda de lipídios, resultando em unhas secas e quebradiças.

Para manter suas unhas sempre belas e saudáveis, selecionamos algumas dicas que certamente evitarão que suas unhas ganhem um aspecto desleixado:


Beba bastante água: beber água interfere diretamente na saúde das nossas unhas, especialmente no verão, quando as cutículas tendem a ficar mais ressecadas e o cloro das piscinas pode deixar as unhas quebradiças e causar desfolhamentos (quando começam a sair pequenas camadas da unha).

Manter o corpo hidratado faz com que suas unhas também fiquem mais hidratadas e saudáveis, evitando esse tipo de complicação. Assim, beba no mínimo seis copos de água por dia, podendo completar o consumo com sucos naturais, que são uma fonte de vitaminas e sais minerais que fortalecem as unhas.

Use hidratantes nas mãos: as unhas possuem um manto que impede a água de evaporar das camadas superficiais da pele. Porém, as agressões externas, como lavagens sucessivas e produtos químicos, removem esse manto, provocando a evaporação da água e causando o ressecamento das mãos e unhas.

Para restaurar esta camada, o ideal é passar um hidratante a cada lavagem de mãos ou quando você senti-las muito ressecadas. Além disso, a cada 15 dias é necessário realizar uma esfoliação seguida de uma hidratação mais intensa, de preferência sem esmaltes, para diminuir o ressecamento.

Use uma cera nutritiva: as ceras nutritivas são ótimas aliadas para manter a hidratação das cutículas. Embora sejam à base de óleo, não deixam as mãos com aspecto oleoso e podem ser usadas por cima do esmalte. De preferência, devem ser aplicadas três vezes por dia, para manter as cutículas hidratadas, macias e no lugar.

Fortaleça suas unhas: para quem sofre com unhas fracas e vê este problema se agravar no verão, além de uma dieta rica em cálcio, proteínas e alimentos com vitamina A (como gema de ovo, leite e derivados, sardinha, couve, espinafre, entre outros), o melhor a fazer é aplicar um óleo fortalecedor antes de esmaltar, para que ele fique em contato direto com a superfície das unhas, estimulando a produção de queratina.

Esmaltação: é cada vez mais difícil encontrar mulheres com as unhas naturais, isto é, sem estar usando esmalte ou base. Porém é recomendado que haja pelo menos uma semana de folga por mês sem qualquer produto para que as unhas possam se recuperar da agressão causada pelos agentes químicos dos esmaltes e bases, que podem levar ao seu ressecamento e enfraquecimento, levando-as a se quebrar. Durante este período de folga, faça bastante uso dos hidratantes e das ceras nutritivas, para evitar o ressecamento.

Além disto, para remover o esmalte antigo, dê preferência aos removedores de esmalte, já que o uso constante de acetona também pode tornar as unhas mais frágeis e quebradiças. É importante, também, variar nas cores, já que as escuras contribuem para que as unhas fiquem amareladas, caso não seja usada uma base impermeabilizante. Porém, se as unhas já estiverem amareladas, somente o crescimento fará com que elas voltem à cor natural.


Por fim, é imprescindível verificar a data de validade do esmaltes, já que eles também influenciam na boa saúde das unhas. Caso estejam vencidos, podem causar alterações na textura, promover irritação na cutícula e até formar bolhas. Apesar de serem composto por elementos químicos de uso tópico, os esmaltes sofrem reações químicas cada vez que o vidro é aberto ou quando são agitados, e por isso têm sua vida útil limitada.

Evite retirar a cutícula: embora seja um hábito comum entre as brasileiras, remover completamente as cutículas pode comprometer a saúde, causar infecções e até distrofia da unha. Isto por que as cutículas cumprem a importante função de proteger a unha da entrada de fungos, bactérias e produtos químicos.

Lixar e polir: para que as unhas cresçam mais fortes e saudáveis, é recomendável que sejam lixadas e feitas pelo menos uma vez por semana, mas evite lixar sempre a lâmina ungueal (a parte de cima das unhas), o que pode ser prejudicial, pois retira camadas de queratina e deixa as unhas mais frágeis e finas. Procure fazer este tipo de lixamento no final do período de folga da esmaltação, sempre utilizando um acessório de quatro faces, pois ele apresenta diferentes funções em cada face: lixar, polir, remover saliências e dar brilho.

Além destas dicas, para evitar que o esmalte descasque ou perca o brilho, e prolongar a cor das unhas, é importante, antes de esmaltar, retirar completamente os resíduos de cor, de creme para cutícula ou de hidratante para mãos (pois atrapalham a aderência do verniz), secando-as bem.

E aplique uma camada de extra-brilho logo depois que o esmalte secar, repetindo a operação a cada três ou quatro dias, pois isto irá intensificar a cor escolhida.

Não se esqueça de usar luvas de silicone, no dia a dia, ao lavar a louça ou mexer com produtos de limpeza.

E, por fim, como dica extra, coma gelatina. As unhas, assim como pele e cabelos, possuem colágeno em sua formação, como dissemos no início desta postagem, e a gelatina comprada nos supermercados possui os aminoácidos necessários à formação de colágeno pelo organismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário